Neste ano, os contribuintes precisarão trabalhar quatro meses e 28 dias somente para pagar todos os impostos exigidos pelos governos federal, estadual e municipal, segundo estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT). Em 2010, os brasileiros terão que destinar, em média, 40,5% de seu rendimento bruto para pagar toda a tributação, mais do que os 40,1% registrados no ano passado. Em 2009, foram necessários quatro meses e 27 dias para quitar os impostos. A tributação incidente sobre os rendimentos é formada principalmente pelo Imposto de Renda Pessoa Física, pela contribuição previdenciária e pelas contribuições sindicais. O cidadão paga ainda a tributação sobre o consumo e serviços e também sobre o patrimônio. Com exceção de 2009, quando houve redução do Imposto de Renda da Pessoa Física e diminuição de tributos sobre o consumo, os últimos anos mostraram aumento da carga tributária, de acordo com o estudo do IBPT. Hoje, o brasileiro trabalha o dobro do que trabalhava na década de 70 para pagar impostos.

Fonte e matéria completa Ultimo segundo