A nova sinalização turística de Fortaleza , dos litorais Leste e Oeste chamam a atenção de moradores e visitantes. Os recursos , no total de R$ 7,5 milhões, são provenientes do Ministério do Turismo e Governo do Estado – por meio da Secretaria do Turismo, sendo R$ 4,5 milhões destinados ao litoral e R$ 3 milhões, para Fortaleza.

O projeto, em Fortaleza, foi inciado em junho de 2008. Na ocasião, o secretário do Turismo do Estado, Bismarck Maia, e o então presidente da AMC, Flávio Patrício, receberam a  imprensa para apresentar as primeiras placas afixadas na Avenida Desembargador Moreira. Até hoje , foram instaladas, aproximadamente, 578 placas, 487 braços e 55 colunas em regiões de grande fluxo, como os acessos a Fortaleza, principais bairros e avenidas, além do centro da cidade.

“Estamos atendendo a uma reivindicação da sociedade e dos turistas.  Sempre registrado em pesquisas encomendada pela Setur sobre a satisfação do turista, a falta dessa sinalização consistia na primeira reclamação dos visitantes; ela era sentida até pelo próprio fortalezense”, ressalta Bismarck Maia.

As placas que constam nos projetos elaborados pela Divisão de Engenharia de Trânsito (Dieng), da AMC, obedecem às regras estabelecidas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB).Placas com fundo na cor verde correspondem à orientação de destino; na cor azul, a serviços e localidade; e na cor marrom a atrativos turísticos e patrimônio histórico.

Litoral

A sinalização no litoral oeste já conta com 85% de conclusão. As placas  serão instaladas na CE 085 e ramais turísticos passando pelos municípios de Caucaia, São Gonçalo do Amarante, Paracuru, Paraipaba, Trairí, Itapipoca, Amontada, Itarema, Acaraú, Cruz, Jijoca de Jericoacoara e Camocim.

No litoral leste, o projeto inicia em Aquiraz e finaliza em Icapuí. Segundo informações da Setur, como a rodovia CE 040 está sendo duplicada até o município de Beberibe, o trabalho de fixação das placas aguardará a conclusão da obra na rodovia.

 

Fonte:Assessoria de Imprensa da Setur