PLUGSO deputado Fernando Hugo (PSDB) criticou, na sessão plenária desta quarta-feira (11/11) na Assembleia Legislativa, a obrigatoriedade que será imposta no Brasil em relação à troca de tomadas elétricas em todos os domicílios e entidades comerciais e empresariais. A nova lei passa a vigorar a partir de 2010 e as novas tomadas que os brasileiros terão de usar terão três furos redondos, no lugar dos furos multiuso atuais, que permitem a introdução de pinos chatos ou arredondados.

Ele informou que está encaminhando à Comissão de Defesa do Consumidor da Casa um requerimento solicitando uma audiência pública para debater o tema “e procurar salvar a população brasileira do infortúnio que há de se postar com essa proposta que vem não sei de quem”.

De acordo com o parlamentar os novos tipos de tomadas e plugs de inserção já estão sendo postos no mercado. Para ele, isso é um assalto, um absurdo e um abuso, pois o povo não se manifestará se as autoridades não protestarem.

O tucano ressaltou que o Brasil tem mais de 190 milhões de habitantes e criticou a ausência do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) no caso. “Já imaginou quanto dinheiro será gasto pelas famílias que terão que trocar as tomadas de energia elétrica para receberem o novo plug? É preciso explicar quem está ganhando nessa história”, afirmou.

Em aparte, o deputado Moésio Loiola (PSDB) concordou com o pronunciamento, ressaltando que não mudarão só as tomadas, mas toda a instalação. De acordo com ele, as empresas deveriam ser obrigadas a fornecer o material técnico para repor o que foi comprado ultimamente. “O que já se cobrou de tarifa de energia, através das fornecedoras, chega a R$ 8 bilhões. Esse ressarcimento vai ser feito na base da boa vontade de cada companhia. O assunto é pertinente”, afirmou.

Matéria completa AQUI

Minha opinião: Concordo plenamente com os senhores Deputados, ninguém pode ser obrigado a nada, está na constituição. Quem sai perdendo com isso são sempre os menores que passam anos e anos projetando sua casa e quando termina tem que trocar tudo de novo. Pode?Quem sai lucrando com isso? Perdendo já sabemos somos nós.  Acho que deveria ficar a critério de cada cidadão a reposição gradativamente, a não ser que a empresa prestadora de energia ou o gonverno faça a troca gratuitamente.

Site do inmetro AQUI