Comércio de animais silvestres, transporte improvisado de passageiros, ultrapassagens perigosas, muitos buracos na pista e falta de fiscalização.Animais silvestres vendidos na beira da estrada, crianças transportadas em cima da carga do caminhão. Nossos repórteres percorreram dois mil quilômetros de rodovias no Maranhão. Encontraram muitas irregularidades e nenhuma fiscalização.

Na beira da estrada o vendedor exibe a caça como se fosse um troféu. Resultado da matança indiscriminada de animais.

O traficante de papagaios percebe a câmera e foge. Poucos metros a frente outro vendedor. A caça e o tráfico são crimes. Mas sem fiscalização os animais vão parar nos pratos dos restaurantes.
São mil quilômetros de rodovias federais no Maranhão, mais as rodovias estaduais e ainda tem as estradinhas de terra. Sem fiscalização elas viraram um território sem lei.
Fonte:http://g1.globo.com/jornalhoje

Anúncios